Análise: Mass Effect 2

Fonte: Portal dos Games

NOTA DO PDG: 9,8

Mais do que seu antecessor, Mass Effect 2 possuí uma nova identidade, e a maior mudança é o comprometimento que a segunda versão tem em todos os aspectos gerais, seja nos gráficos, jogabilidade, armas, sistema de combate e caracterização. Dessa forma, podemos olhar mais de perto a participação de todos os envolvidos na trama e sentir na pele um jogo remodelado com muito mais intensidade e diversão.

Confira os fatos!

Mass Effect 2 começa com acontecimentos terríveis, onde um ataque massivo deixa os SSV Normandy em pedaços e o destino do protagonista da série Shepard temporariamente claro. Shepard não pode de maneira nenhuma deixar o medo lhe dominar, afinal toda a raça humana está desaparecendo sem deixar rastros e a organização Cerberus precisa dele o mais rápido possível.

Para isso devemos investigar e confrontar as forças por trás desse plano. Mas é claro que nossos meios e decisões podem influenciar no andamento da história, não podem? Poderiam, mas não aqui em Mass Effect 2. Dessa forma os textos enormes ficam para trás, mantendo um diálogo modesto e suficientemente elaborado para desenrolar a trama.

A primeira coisa a fazer é formarmos um grupo onde cada integrante terá suas habilidades especiais e fundamentais para o progresso da equipe. Esta equipe se junta ao navio recém construído e batizado de NormandiaO SR-2, com o sempre confiável e mal-humorado Joker no comando.

Nem todas as missões envolvem combates propriamente ditos, e seu destino às vezes é apenas investigar locais determinados para descobrir detalhes importantes da história. As conversas apresentam um nível de detalhes impressionantes e ao invés de algumas decisões influenciarem no destino final, elas passam a tratar o aspecto ético do personagem. Esta estrutura mostra uma questão simples, porém importante: moralidade não é um atributo bom ou ruim, ou seja, sua moralidade é que fica em jogo e não o destino final do enredo, mas mesmo assim, as decisões que você fez nesse jogo serão manifestadas de maneira extraordinária.

O jogo em si é muito aprimorado em relação ao primeiro título com batalhas emocionantes e violentas ao bom e velho estilo de Gears of War. Mass Effect 2 tem uma variedade de inimigos muito grande e seu sistema de batalha oferece sequências de ação impressionantes. Agora Mass Effect 2 funciona bem como um jogo de tiro, onde seu escudo de energia se regenera e você pode recolher munição pelo caminho.

Os cenários estão bem variados, e vão desde interiores de navios abandonados a uma prisão no espaço sideral. Alguns deles até oferecem desafios adicionais como um local onde você deve evitar a luz do sol para não ser literalmente queimado por ela. A maioria dos níveis são cuidadosamente construídos assim como seu arsenal de armas devastadoras, incluindo uma arma nuclear de cegueira, por exemplo, que definitivamente lhe deixa invisível perante os inimigos.

Definitivamente Mass Effect 2 se concentra em um jogo de ação, não só porque você pode jogá-lo como um jogo de tiro em terceira pessoa, mas também por suas características relacionadas à RPG terem sido restauradas e simplificadas. Você não tem uma tela tradicional de gestão de inventário, por exemplo, onde você deve escolher uma arma para se equipar ou converter um item. Ao invés disso, você seleciona as armas que desejar quando embarcar em uma nova missão ou simplesmente acessando seu armário privado.

Você pode encontrar uma nova arma ou até mesmo upgrades para sua armadura, que são transferidos diretamente para a estação de ciência da Normandia, onde você pode aplicá-las, desde que tenha recursos minerais suficientes. Se você quiser mudar a armadura, você vai para seus aposentos pessoais, onde você pode vestir a armadura de itens que você obteve e personalizá-los com diferentes cores e textura. Tudo isso faz com que os verdadeiros elementos de RPG sejam reduzidos, fazendo com que você ganhe tempo durante o jogo.

Graficamente Mass Effect 2 está muito melhor que a primeira versão. Se você jogou Mass Effect você irá notar aqui um visual impressionante, assim como cores e texturas fantásticas. A iluminação é sutil em alguns casos e cria nevoeiros sinistros, enquanto a chuva cai sobre o protagonista. Podemos dizer que os recursos visuais são uma fusão fantástica de arte e tecnologia.

O som é absolutamente perfeito com dublagens e músicas que dispensam qualquer tipo de comentário. A trilha sonora acompanha muito bem uma cena de diálogo e muda drasticamente quando a ação começa pra valer. Isso imerge o jogador em uma adrenalina constante e muito divertida.

Mass Effect 2 é um avanço que corrige inúmeras falhas de seu antecessor, o que torna a sequência rica e não simplesmente mecânica. Isso prova que a trilogia ainda pode melhorar muito mais e firmar a série como um grande jogo de sucesso para o PC e Xbox 360. É um jogo que realmente tem potencial e deve fazer parte de sua coleção.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: